Isaías 60

BCC

1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20
21   22   23   24   25   26   27   28   29   30   31   32   33   34   35   36   37   38   39   40
41   42   43   44   45   46   47   48   49   50   51   52   53   54   55   56   57   58   59   60   61   62   63   64   65   66

1 “Levante-se, refulja! Porque chegou a sua luz, e a glória do SENHOR raia sobre você.
2 Olhe! A escuridão cobre a terra, densas trevas envolvem os povos, mas sobre você raia o SENHOR, e sobre você se vê a sua glória.
3 As nações virão à sua luz e os reis ao fulgor do seu alvorecer.
4 “Olhe ao redor, e veja: todos se reúnem e vêm a você; de longe vêm os seus filhos, e as suas filhas vêm carregadas nos braços.
5 Então o verás e ficarás radiante; o seu coração pulsará forte e se encherá de alegria, porque a riqueza dos mares lhe será trazida, e a você virão as riquezas das nações.
6 Manadas de camelos cobrirão a sua terra, camelos novos de Midiã e de Efá. Virão todos os de Sabá carregando ouro e incenso e proclamando o louvor do SENHOR.
7 Todos os rebanhos de Quedar se reunirão junto de você, e os carneiros de Nebaiote a servirão; serão aceitos como ofertas em meu altar, e adornarei o meu glorioso templo.
8“Quem são estes que voam como nuvens, que voam como pombas para os seus ninhos?
9 Pois as ilhas esperam em mim; à frente vêm os navios de Társis,  trazendo de longe os seus filhos, com prata e ouro, em honra ao SENHOR, o seu Deus, o Santo de Israel, porque ele se revestiu de esplendor.
10“Estrangeiros reconstruirão os seus muros, e seus reis a servirão. Com ira eu a feri, mas com amor lhe mostrarei compaixão.
11 As suas portas permanecerão abertas; jamais serão fechadas, dia e noite, para que lhe tragam as riquezas das nações, com seus reis e sua comitiva.
12 Pois a nação e o reino que não a servirem perecerão; serão totalmente exterminados.
13“A glória do Líbano virá a você; juntos virão o pinheiro, o abeto e o cipreste, para adornarem o lugar do meu santuário; e eu glorificarei o local em que pisam os meus pés.
14 Os filhos dos seus opressores virão e se inclinarão diante de você; todos os que a desprezam se curvarão aos seus pés e a chamarão Cidade do SENHOR, Sião do Santo de Israel.
15“Em vez de abandonada e odiada, sem que ninguém quisesse percorrê-la, farei de você um orgulho, uma alegria para todas as gerações.
16 Você beberá o leite das nações e será amamentada por mulheres nobres. Então você saberá que eu, o SENHOR, sou o seu Salvador, o seu Redentor, o Poderoso de Jacó.
17 Em vez de bronze eu lhe trarei ouro, e em vez de ferro, prata. Em vez de madeira eu lhe trarei bronze, e em vez de pedras, ferro. Farei da paz o seu dominador, da justiça, o seu governador.
18 Não se ouvirá mais falar de violência em sua terra, nem de ruína e destruição dentro de suas fronteiras. Os seus muros você chamará salvação, e as suas portas, louvor.
19 O sol não será mais a sua luz de dia, e você não terá mais o brilho do luar, pois o SENHOR será a sua luz para sempre; o seu Deus será a sua glória.
20 O seu sol nunca se porá, e a sua lua nunca desaparecerá, porque o SENHOR será a sua luz, para sempre, e os seus dias de tristeza terão fim.
21 Então todo o seu povo será justo, e possuirá a terra para sempre. Ele é o renovo que plantei,
obra das minhas mãos, para manifestação da minha glória.
22 O mais pequenino se tornará mil, o menor será uma nação poderosa. Eu sou o SENHOR; na hora certa farei que isso aconteça depressa.”


60.9 Ou navios mercantes