Oséias 1

BCC

1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14

1 Palavra do SENHOR que veio a Oséias, filho de Beeri, durante os reinados de Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias, reis de Judá, e de Jeroboão, filho de Jeoás, rei de Israel.
2 Quando o SENHOR começou a falar por meio de Oséias, disse-lhe: “Vá, tome uma mulher adúltera e filhos da infidelidade, porque a nação é culpada do mais vergonhoso adultério por afastar-se do SENHOR”. 3 Por isso ele se casou com Gômer, filha de Diblaim; ela engravidou e lhe deu um filho.
4 Então o SENHOR disse a Oséias: “Dê-lhe o nome de Jezreel, porque logo castigarei a dinastia de Jeú por causa do massacre ocorrido em Jezreel, e darei fim ao reino de Israel. 5 Naquele dia quebrarei o arco de Israel no vale de Jezreel”.
6 Gômer engravidou novamente e deu à luz uma filha. Então o SENHOR disse a Oséias: “Dê-lhe o nome de Lo-Ruama, pois não mais mostrarei amor para com a nação de Israel, não ao ponto de perdoá-la. 7 Contudo, tratarei com amor a nação de Judá; e eu lhe concederei vitória, não pelo arco, pela espada ou por combate, nem por cavalos e cavaleiros, mas pelo SENHOR, o seu Deus”.
8 Depois de desmamar Lo-Ruama, Gômer teve outro filho. 9 Então o SENHOR disse: “Dê-lhe o nome de Lo-Ami, pois vocês não são meu povo, e eu não sou seu Deus.
10 “Contudo os israelitas ainda serão como a areia da praia, que não se pode medir nem contar. No lugar onde se dizia a eles: ‘Vocês não são meu povo’, eles serão chamados ‘filhos do Deus vivo’. 11 O povo de Judá e o povo de Israel serão reunidos, e eles designarão para si um só líder, e se levantarão da terra, pois será grande o dia de Jezreel.


1.6 Lo-Ruama significa não amada.
1.9 Lo-Ami significa não meu povo.