Oséias 4

BCC

1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14

1 Israelitas, ouçam a palavra do SENHOR, porque o SENHOR tem uma acusação contra vocês que vivem nesta terra: “A fidelidade e o amor desapareceram desta terra, como também o conhecimento de Deus.
2 Só se veem maldição, mentira e assassinatos, roubo e mais roubo, adultério e mais adultério; ultrapassam todos os limites! E o derramamento de sangue é constante.
3 Por isso a terra pranteia, e todos os seus habitantes desfalecem; os animais do campo, as aves do céu e os peixes do mar estão morrendo.
4 “Mas, que ninguém discuta, que ninguém faça acusação, pois sou eu quem acusa os sacerdotes.
5 Vocês tropeçam dia e noite, e os profetas tropeçam com vocês. Por isso destruirei sua mãe.
6 Meu povo foi destruído por falta de conhecimento. “Uma vez que vocês rejeitaram o conhecimento, eu também os rejeito como meus sacerdotes; uma vez que vocês ignoraram a lei do seu Deus, eu também ignorarei seus filhos.
7 Quanto mais aumentaram os sacerdotes, mais eles pecaram contra mim; trocaram a Glória deles por algo vergonhoso.
8 Eles se alimentam dos pecados do meu povo e têm prazer em sua iniquidade.
9 Portanto, castigarei tanto o povo quanto os sacerdotes por causa dos seus caminhos, e lhes retribuirei seus atos.
10 “Eles comerão, mas não terão o suficiente; eles se prostituirão, mas não aumentarão a prole, porque abandonaram o SENHOR para se entregarem 11 à prostituição, ao vinho velho e ao novo, prejudicando o discernimento do meu povo.
12 Eles pedem conselhos a um ídolo de madeira, e de um pedaço de pau recebem resposta. Um espírito de prostituição os leva a desviar-se; eles são infiéis ao seu Deus.
13 Sacrificam no alto dos montes e queimam incenso nas colinas, debaixo de um carvalho, de um estoraque ou de um terebinto, onde a sombra é agradável. Por isso as suas filhas se prostituem e as suas noras adulteram.
14 “Não castigarei suas filhas por se prostituírem, nem suas noras por adulterarem, porque os próprios homens se associam a meretrizes e participam dos sacrifícios oferecidos pelas prostitutas cultuais — um povo sem entendimento precipita-se à ruína!
15 “Embora você adultere, ó Israel, que Judá não se torne culpada! “Deixem de ir a Gilgal; não subam a Bete-Áven. E não digam: ‘Juro pelo nome do SENHOR!’
16 Os israelitas são rebeldes como bezerra indomável. Como pode o SENHOR apascentá-los como cordeiros na campina? 17 Efraim aliou-se a ídolos; deixem-no só!
18 Mesmo quando acaba a bebida, eles continuam em sua prostituição; seus governantes amam profundamente os caminhos vergonhosos.
19 Um redemoinho os varrerá para longe, e os seus altares lhes trarão vergonha.


4.3 Ou está seca
4.7 Conforme a Versão Siríaca e uma antiga tradição dos escribas hebreus. O Texto Massorético diz trocarei a minha glória.
4.13 Ou benjoim, um arbusto ornamental, de origem asiática, da família das estiracáceas.
4.13 Árvore que, com incisão, produz goma aromática.
4.15 Bete-Áven significa casa da impiedade (um nome para Betel, que significa casa de Deus).